COLETIVO PANDORAS ABRE INSCRIÇÃO PARA LABORATÓRIOS DE CRIAÇÃO E ANUNCIA PROGRAMAÇÃO PARA MARÇO

Atualizado: 3 de mar.

#deFORMAÇÃO #PANDORAS




O coletivo goiano formado pelas artistas Fernanda Pimenta, Izabela Nascente e Radarani Oliveira, oferece uma programação formativa gratuita e on-line, com laboratório de criação em circo, oficina de bonecos e uma série de entrevistas com palhaças brasileiras. As inscrições para as formações já estão abertas e podem ser feitas nos links abaixo.


.

Oficina de bonecos para teatro de lambe lambe

com Izabela Nascente (Insvreva-se)


Laboratório de Criação em Circo

com Radarani Oliveira (Inscreva-se)


Em março, o coletivo goiano Pandoras promoverá uma série de experiências de formação para artistas e também para não-artistas, integrando experiências de aprendizado técnico, de reflexão sobre o fazer artístico e de criação em circo. Quem abre a programação gratuita é a bonequeira, atriz e diretora Izabela Nascente, compartilhando em uma oficina com três encontros on-line suas experiências com o teatro de lambe-lambe, além de técnicas básicas de construção e manipulação de bonecos e a criação de cenas curtas.


Já o Laboratório de Criação Circense, realizado pela artista cênica e diretora de arte Radarani Oliveira, propõe cinco encontros de experimentação. A partir da investigação e exploração da relação com objetos do cotidiano no exercício de jogos cênicos, os participantes irão desenvolver cenas que já existam, que estejam em processo de desenvolvimento ou que ainda sejam uma ideia. A atividade é destinada a artistas circenses, cênicos, performers e curiosos.


Além de possibilitar a formação técnica e experiências de criação circense, a programação que acontece durante o mês de março contará ainda com uma série de entrevistas ao vivo com palhaças brasileiras, que estreia no dia 10 de março. Quem receberá as artistas convidadas no canal das Pandoras no Youtube será a pesquisadora e artista da cena, Fernanda Pimenta. A série convida o público para que, junto com estas palhaças, investiguem sobre os modos pelos quais a comicidade feminina responde e contesta imposições de gênero às mulheres.


“Dialogar e saber mais sobre as criações e cotidiano de tais palhaças nos munirá de ferramentas para entender motivações, tendências e reverberações da palhaçaria vivenciada por mulheres no Brasil de hoje e como se dá esta renovação de dramaturgias cômicas por meio de um viés feminista, subversivo e insurgente”, destacou a pesquisadora Fernanda Pimenta.


Já estão confirmadas para a série de entrevistas do projeto deFormação Pandoras artistas Calini Detoni (Palhaça Biruta), Fran Marinho (Palhaça Francisquinha), Antônia Villarinho (Palhaça Fronha), Nara Menezes (Palhaça Aurhelia), Drica Santos (Palhaça Curalina) e Ana Luiza Bellacosta (Palhaça Madame Froda) e Adelvane Néia (Palhaça Margarida).


O projeto é uma realização do coletivo Pandoras, com o apoio das companhias Farândola Teatro-circo e Nu Escuro, da Oficina Cultural Geppetto, através da Lei Aldir Blanc, Secretaria Municipal de Cultura de Goiânia.


PROGRAMAÇÃO CONFIRMADA


Oficina de bonecos para teatro de lambe lambe

com Izabela Nascente

08 a 10 de março

19h às 21h (horário de Brasília)

inscrições abertas (link)


Laboratório de Criação em Circo

com Radarani Oliveira

08, 10, 14, 16 e 18 de março

16h às 18h (horário de Brasília)

Inscrições abertas (link)


Palhaçaria com Pimenta: série de entrevistas sobre palhaçaria feminina

com Fernanda Pimenta

Youtube Projeto Pandoras sempre às 17h


10.03 Calini Detoni (Palhaça Biruta)

11.03 Fran Marinho (Palhaça Francisquinha)

12.03 Antônia Villarinho (Palhaça Fronha)

13.03 Nara Menezes (Palhaça Aurhelia)

14.03 Drica Santos (Palhaça Curalina)

15.03 Ana Luiza Bellacosta (Palhaça Madame Froda)

16.03 Adelvane Néia (Palhaça Margarida).


Sobre as Pandoras


O Coletivo Pandoras estreou seus trabalhos em 2020 com um dos primeiros projetos de circulação online de circo feminista, que levou os espetáculos A visita de Chico e Pastrana a 13 cidades dos estados de Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul e Bahia, realizando também um ciclo de debates em parceria com organizações locais ( leia mais ). Por este trabalho foram uma das iniciativas que receberam o prêmio Jaburú 2020, sendo este uma espécie reconhecimento oficial pelo Estado de Goiás.


Izabela Nascente é a Pandora por traz da Pastrana e diretora d´A Visita de Chico. É bacharela em Artes Cênicas e Mestre em Performances Culturais pela UFG. Iniciou-se no teatro atuando, em 1993 e nos anos 2000 passou a integrar a Cia de Teatro Nu Escuro. Iniciou os estudos como bonequeira em 2002, com mestres e mestras como: Grupo Giramundo, Pigmalião e Duda Paiva. Atuou sob direção de Hugo Rodas no espetáculo Memória Roubada, e na caixa de Lambe Lambe Pastrana, sob a direção de Anibal Pacha. É diretora de vários espetáculos, da minissérie Vila Mariote e do Festival do Boneco

Fernanda Pimenta é a Pandora por trás da Palhaça Malagueta. Também é atriz de teatro e cinema, pesquisadora, dramaturga, produtora, diretora, entre outras funções. É doutoranda em Artes da Cena pela UNB, com pesquisa sobre dramaturgias de palhaças . Iniciou-se no teatro em 2003, no Grupo Guará. Desde 2013, atua como palhaça. Alguns de seus mestres palhaços foram: Pepe Nuñez (Esp), Márcio Libar (RJ), Mauro Braga (Campinas), Miquéias Paz (BSB), Sue Morrison (Can), Jango Edwards (EUA), Pepa Plana (Esp), Adelvane Néia (SP), Fran Marinho (SP), entre outros. A artista já atuou em mais de 20 espetáculos como atriz.


Radarani Oliveira é a Pandora por trás da Soldara, protagonista do espetáculo A Visita de Chico. É bacharela em Direção de Arte pela UFG, artista cênica e artista educadora. Trabalou em companhias como a Pinne Magique, Corpo Circense Basileu França, Gelb Zirkus e Cia. Em 2017 se assumiu palhaça, Soldara. Teve como mestras Andrea Macera (SP), Adelvane Néia (SP), Michele Silveira (SC), Pepa Plana (Cataluña), entre outres. É coordenadora e professora do Curso de Artes Circenses do ITEGO em Artes Basileu França. Dedica seus estudos e pesquisas em equipamentos aéreos, contorção e comicidade.

20 visualizações0 comentário