Conheça a Pandora Radarani Oliveira


Foto: Erika Mariano


Radarani Oliveira é bacharela em Direção de Arte pela Universidade Federal de Goiás, artista cênica e artista educadora. Iniciou as atividades com o circo em 2010 e desde 2013 atua em espetáculos. Trabalhou em companhias como a Pinne Magique, Corpo Circense Basileu França, Gelb Zirkus e Catavento Companhia Circense, como artista e professora. Em 2017 se assumiu palhaça, Soldara.


Teve como mestras Andrea Macera (SP), Adelvane Néia (SP), Michele Silveira (SC), Pepa Plana (Cataluña), entre outres. Como diretora de arte realizou a produção de curta-metragens como Cléonte (2014), Lixo Útil (2015), Feira Verde (2016). Produziu figurinos para o espetáculo o “Soldado Fanfarrão Brigada de Fanfarrões”, com direção de Hélio Fróes (2016), cenografia para o espetáculo “A Visita de Chico”, com direção de Izabela Nascente (2018), foi assistente de direção de arte na “Vila Mariote – Minissérie para Crianças”, com roteiro e direção de Hélio Fróes (2019), assinou a direção de arte do espetáculo “Autêntico Crime Perfeito ou Balé das Mulheres Mortas” com direção de Kleber Damaso (2019), e dirigiu o espetáculo “O Rei do Show” do Corpo Circense Basileu França (2019). Compõe o elenco do espetáculo “Ao Esperar” da Catavento Cia Circense, estreado em 2016, e do espetáculo “A Visita de Chico”, solo estreado em 2018.


É coordenadora e professora do Curso de Artes Circenses do ITEGO em Artes Basileu França. Dedica seus estudos, treinos e pesquisas em equipamentos aéreos, contorção e comicidade. Desenvolve projetos culturais e ambientais relacionados à formação e vivências artísticas, conscientização ambiental e reaproveitamento de resíduos, infância, artesanato, circo, teatro e cultura popular.


21 visualizações

Esse projeto foi contemplado pelo Edital de Fomento ao circo do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goias 2018